Após denúncias, MP abre inquérito para investigar reality show A Casa

0

O Ministério Público Federal de São Paulo abriu inquérito para investigar “A Casa”. O reality show da Record recebeu denúncias de telespectadores por violação de direitos humanos.




Ao UOL, a Record afirmou na última quinta-feira (29) que não recebeu notificação do MPF. Já a assessoria do MPF confirmou que foi instaurado inquérito civil pela Procuradoria da República em São João da Boa Vista, interior de São Paulo. A Procuradoria irá apurar o desrespeito à dignidade da pessoa humana, além de outros pontos. Atualmente o procedimento está na fase de coleta de informações.

O reality show tranca 100 pessoas dentro de uma casa de 120 m². O tamanho é o ideal para abrigar confortavelmente quatro pessoas. A casa tem quatro camas, quatro toalhas e alimentos e outros objetos limitados. O prêmio final de R$ 1 milhão é usado durante toda a competição.

“A Casa” vai ao ar todas terças e quintas, às 22h30, pela Record. Marcos Mion é o apresentador da atração. Entre as regras, o dono da casa, que muda a cada semana, sorteia quantos participantes são expulsos do reality semanalmente. Qualquer participante pode abandonar a competição assim que quiser, sem possibilidade de arrependimento. O reality show estreou na última terça-feira (27).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.