‘Se tivesse ido ao paredão com outras pessoas, talvez eu continuaria no BBB 18’, disse Ana Paula no Mais Você

0

Como todos eliminados da semana, Ana Paula participou do “Mais Você” na manhã desta quarta-feira (14). Ana Maria Braga ainda está de férias, por isso a terceira eliminada do BBB 18 conversou com Cissa Guimarães e Zeca Camargo.




Ana Paula falou sobre sua briga com Mahmoud, que aconteceu nos primeiros dias do BBB 18. Mahmoud se sentiu ofendido por ter sido chamado de “viado” pela ex-sister. Ana Paula garantiu que falou sem maldade, pois tem o hábito de chamar seus amigos gays usando o adjetivo. “É uma coisa que eu falo naturalmente. É um hábito meu”, disse ela.

Leia também: Após a eliminação de Ana Paula, quem você quer que vença o BBB 18? Vote!

Ela também acredita que a experiência de ter participado do reality show durante três semanas a mudou como pessoa. “Sou uma pessoa totalmente diferente. Cada dia parece um mês. Cada semana parece um ano. Me arrependo de algumas coisas. Nunca imaginei que algumas coisas que eu falei teriam tanta repercussão. Quero colocar uma borracha nisso. Não desejo mal a Mahmoud”, explicou.

Leia também: Ana Paula é eliminada com 89,95% dos votos

A ex-sister também comentou sobre a briga de Jaqueline e Mahmoud. A briga aconteceu após Ana Paula contar para Jaqueline que Mahmoud havia falado para algumas pessoas que ela havia prometido lhe dar o Anjo. “Acho que não fui leva e traz, acho que fui corajosa. O fato dela ter prometido e não ter lembrado não tem a ver comigo. Ela podia ter feito qualquer coisa com essa informação. Ela não precisava ter gritado. Ela fez o show porque quis. Eu vi a cena, acho que ela falou brincando”, analisou.




Ana Paula também explicou que o fato de sua amiga Patrícia também ser amiga de Mahmoud nunca lhe causou incômodo. “Em nenhum momento falei para Patrícia não conversar com Mahmoud. Muito pelo contrário, eu falava que acreditava que Mahmoud gostava dela”, disse ela, que também explicou qual era o seu objetivo ao combinar votos. “Tudo o que a gente combinou foi por defesa própria. A partir do momento que descobri que havia uma rixa, a gente tentou se defender, porque eu tinha medo de ir no primeiro paredão com Patrícia, Diego ou Kaysar. Eu não me sentiria maior ou menor por ir com um deles. A gente não tinha noção se éramos os sete odiados ou a sétima aliança. Só queríamos nos defender. O Brasil que escolhe quem vai ganhar, mas quem escolhe quem vai para o paredão somos nós. Se eu tivesse ido para o paredão com outras pessoas, talvez eu tivesse continuado no BBB 18”.

Leia também: Ana Paula chora e pede desculpas após ser eliminada

Apesar de ter sido mais próxima de Patrícia e Diego, Ana Paula também falou sobre sua relação com Kaysar e não poupou elogios ao sírio. “Tenho um carinho muito grande pelo Kaysar. Apesar de não fazer parte do trio, ele tem uma energia, uma simplicidade, um carisma, algo que não tem como explicar. Acredito que uma hora ele vai ter que escolher um lado, por isso queria trazê-lo para o nosso lado. Não é que ele tenha dificuldade para entender, mas parecia que algumas vezes a ficha caía para ele na hora do jogo. Eu me preocupava muito com ele”, disse ela. “O Kaysar é uma pessoa incrível. Não sei a história dele, mas acho que ele tem muitas feridas. Ele tem cicatrizes pelo corpo inteiro. Não sei se estourou uma bomba perto dele. Não sei a história dele, ele não fala. Mas o que aconteceu com ele faz quem ele é. Ele tem um carinho imenso pelo Brasil. Ele disse que única pessoa que vai tirá-lo do Brasil é Deus. O amor que ele tem pelo Brasil é lindo”.

Leia também: ‘Nada do que falei foi ofensivo’, diz Ana Paula após ser eliminada

Ana Paula também falou sobre sua voz, que gerou comentários entre alguns brothers. “Minha voz é algo peculiar meu. Quando eu era criança era bem mais fina. Quem estudou comigo vai lembrar. Fiz exercícios de fono. Sou atriz, trabalho como atriz, nunca tive problemas na área de atuação. Mas no dia a dia, às vezes é incômodo ter que pensar em como falar. Em situações de estresse minha voz afina mais. Sofri muito bullying quando era pequena. Quem tem problema são as pessoas que escutam, eu não tenho problema com ela. Um dos motivos de eu ter ficado mais reclusa foi isso. Meu jeito era irritante, minha voz era irritante. O que eu ia fazer?”, comentou.

Leia também: Ana Paula se defende sobre comentários feitos sobre Gleici; saiba mais

Antes de finalizar a entrevista, Ana Paula disse para quem daria a imunidade ao Poder do Veto da Prova do Líder. “É meio complicado eu falar alguém, porque o poder está do nosso lado. O Diego não vai tirar ninguém que eu quero que faça a prova. Eu vou dar o poder para o Kaysar, porque eu quero que ele perceba que eu saí, mas continuo do lado dele”, explicou a terceira eliminada do BBB 18.





Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.