Após registrar recorde de mortes por coronavírus, SP reabre comércios de rua e shoppings

0

Entre segunda (08) e terça (09), São Paulo registrou 334 mortes e 150.138 casos de Covid-19. Esse é o número mais alto registrado em SP desde o início da pandemia do novo coronavírus.




O recorde anterior registrado em São Paulo era de 327 vidas pedidas por causa da doença, número registrado dia 2 de junho. O número não indica a quantidade de mortes do período, e sim quando foram registradas. Levando em conta o período de incubação do vírus, os dados podem indicar vítimas de até duas semanas atrás.

Apesar do número crescente de mortes e casos, a Prefeitura de SP autorizou a reabertura do comércio de rua para esta quarta-feira (10). Já os shoppings terão reabertura autorizada a partir de quinta-feira (11). Imobiliárias da cidade também serão liberadas.




  • A partir de quarta-feira (10), comércio de rua e imobiliárias poderão funcionar durante 4 horas e fora do horário de pico;
  • Shoppings poderão reabrir e terão que escolher entre as duas opções de horários de funcionamento: Entre 6h e 10h ou entre 16h e 20h, com público limitado a 20%.
  • Todos estabelecimentos devem seguir as regras de higiene.

O horário das 6h às 10h dos shoppings foi reivindicação de shoppings populares. Shoppings maiores devem funcionar entre 16h e 20h.




O índice de ocupação de UTIs continua estável. Ao todo, 68,6% dos leitos estão lotados. Na Grande São Paulo, a ocupação é de 74,1%.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.