Pernambuco prorroga suspensão das aulas presenciais para educação básica

0

Na tarde de segunda-feira (31), o governo de Pernambuco anunciou que prorrogaria o decreto nº 48.810, que suspende aulas presenciais em escolas. A prorrogação vale para a educação básica. As aulas no estado estão suspensas desde o dia 18 de março. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa virtual.




Fred Amâncio, secretário de Educação e Esportes do estado, afirmou que as instituições de ensino superior poderão reabrir gradualmente a partir de 8 de setembro. Última vez que o decreto foi prorrogado foi no dia 13 de agosto. Ele seria válido até esta segunda-feira (31), tanto para educação básica quanto para o ensino superior. Com a nova decisão, as aulas de educação básica seguem suspensas até 15 de setembro.

José Ricardo Diniz, presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de Pernambuco, afirma que deve haver cronogramas diferentes para a reabertura de instituições privadas e públicas. De acordo com ele, a decisão de reabertura revela “claramente que a educação não é prioridade” do governo. “É doloroso ver aglomerações, como as que foram vistas nas praias, com pessoas sem máscara, ou desrespeitando as regras em recintos fechados”, disse ele.

Os cursos livres voltaram a funcionar presencialmente em Pernambuco no dia 17 de agosto. Eles foram retomados com 25% da capacidade total e com alunos acima dos 18 anos. Os cursos livres incluem os de formação profissional, qualificação, cursos de idiomas e autoescolas. A volta gradual desse grupo segue até 8 de setembro, quando as instituições poderão receber 100% da capacidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.