Em meio à crise, Maduro anuncia aumento de 30% no salário mínimo

0
nicolas-maduro
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela (Foto: Wikimedia Commons)

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, anunciou ontem (30) que o salário mínimo e pensões no país aumentará 30%. Essa é a mais recente medida do governo socialista para lidar com a estagnação econômica e alta inflação. Isso representa um aumento de 25% no valor anunciado no dia 1 de março.



Este é o 12º aumento do salário que Maduro anuncia em apenas três anos e o segundo de 2016. Ele começa a valer a partir de hoje (01). O presidente afirmou que os detalhes do aumento serão informados nas manifestações de hoje, do Dia do Trabalhador.

Agora, o salário mínimo na Venezuela terá valor de 15.051 bolívares por mês, ou cerca de US$ 1.500 na taxa de câmbio oficial, ou cerca de US$ 50 no mercado negro atual. Este segundo define a maior parte dos preços dos bens da Venezuela.

Ano passado, a economia da Venezuela, que depende das exportações de petróleo, diminuiu 5,7%, e aumentou a escassez de produtos básicos, além de aumentar os preços.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.